terça-feira, 23 de outubro de 2007

Sentido

When I find out all the reasons
Maybe I'll find another way
Find another day
With all the changing seasons of my life
Maybe I'll get it right next time
Há muito tempo eu não ouvia essa música. E, há mais tempo ainda, eu não prestava atenção na letra. Quinze anos depois, nunca fez tanto sentido. A vida é engraçada. Como os sons, as imagens e as palavras geram representações diferentes na nossa mente. Não creio em pré-determinações justamente por isso. (Ni tampoco en las brujas, pero...) Ainda assim, tudo é, ao mesmo tempo, cíclico. Tenho a impressão de que determinadas coisas da vida são aprendizados que a cabeça vai assimilando conforme nossa capacidade de ver e receber os acontecimentos.
(sim, esse post está totalmente viajante, mas é que, enquanto digito aqui, mantenho o botão aquele pressionado - então, vou publicar mesmo assim, sem dar muita explicação)

5 comentários:

Eduardo Buza Martins disse...

os viajantes semrpe são os melhores posts.
e viva a viagem da Lu!!!!
beijao

Marcelo disse...

É a velha história do rio, de Heráclito: "Tudo flui e nada permanece; tudo se afasta e nada fica parado... Você não consegue se banhar duas vezes no mesmo rio, pois outras águas e ainda outras sempre vão fluindo...É na mudança que as coisas acham repouso..."

O que vc viu e ouviu há 15 anos certamente aparecerá e soará diferente hoje. Talvez hoje vc entenda o significado ou talvez apenas tenha um significado diverso.

Luciana F. disse...

É na mudança que as coisas acham repouso..."
putz, perfeito isso.

André Vasques disse...

Opa!
O negócio hoje está profundo!
Orega y Gasset para vocês: o homem é ele e suas circunstâncias.
Como as circunstâncias estão em contante alteração, assim também ocorre com conosco.
Bjs.
André.

André Vasques disse...

corrindo: é Ortega y Gasset o nome do pensador.