terça-feira, 31 de março de 2009

Lutar contra as tendências naturais

Qualquer pessoa de inteligência média sabe que é preciso lutar contra suas tendências nocivas naturais, isto é, que aquela nossa queda por tudo que pode causar prejuízo aos demais, aos sistemas e a nós mesmos.
O problema é manter a educação para a continuidade da coisa. Há pessoas que não conseguem segurar seus ímpetos nocivos e desorganizam todo um sistema que deu trabalho para montar.
Que coisa irritante....

4 comentários:

Márcio Almeida Júnior disse...

A velha luta da racionalidade contra a emoção descontralada. E a velha procura do equilíbrio, tão antiga, aliás, quanto a humanidade. Parabéns por dois anos de blogue, Dra. Foram dois anos de coragem.

gunner disse...

I caaaan´t sleeeep....hehehehe...without you...

Luciana F. disse...

Márcio, valeu a visita! E sim, 2 anos. Nem tinha me dado conta! Mas sabe quando a coisa já está meio gasta? Preciso dar uma repaginada neste blog, talvez me empolgue a voltar a escrever...! Obrigada pelo apoio, especialmente vindo de um profissional da blogsfera! rsrsrs..abração!

Luciana F. disse...

gunner, baby, resolveremos isso logo...luv u!