quinta-feira, 17 de julho de 2008

what's essential is invisible to the eye...

2 comentários:

Germano disse...

Eu tenho esse filme e o livro em casa. É de cabeceira. Resume boa parte de minha vida.

Bom vê-lo por aqui, Lu.
E você tem carta branca lá no Clube. Faça o que quiser.

Abraços de sempre.
Germano

Luciana F. disse...

oi germano! sim, essa história é a profundidade fantasiada de simplicidade. lindo.

putz, queria te citar, mas agora que tu inventou aquela proteçao de cópia, fiquei com preguiça de digitar...hehehe
bjosss