sábado, 15 de setembro de 2007

Atitude 2 - Novela

Ela reclama da falta de atitude dele, de forma recorrente. Ele diz pra ter mais compreensão. Ela é um poço de compreensão (se ele já tivesse entrado na cabeça dela, nesses anos todos, saberia). Ela se contagia desse mood dele. Um dia, ela age como ele. Ele fica visivelmente incomodado. Ela pensa: viu como é? Ele nem se dá conta. Ele não se ajuda, não se analisa. A cabeça dela não pára nunca e ele não entende. Ela tenta diminuir o ritmo, ela abdica de coisas que lhe são caras em prol do bem-estar dele, mas não obtém bom resultados. Esse descompasso a está fazendo sofrer.

PS. Se você está se identificando com a novela, não se preocupe, a autora se baseia em fatos reais, mas preserva a identidade dos personagens.

3 comentários:

André Vasques disse...

Olha só.
Nunca dá para esquecer da lição do velho Shakespeare, amo as pessoas e não qualidades; as pessoas são um composto de defeitos e qualidades.
As capacidades de cada um não são proporcionais as nossas, portanto, não podemos ser exigentes demais, sob pena de el algum momento sermos julgados também com insensibilidade para como nossas limitações.
Todos somos obras inacabadas, cada um está, neste mundo, concluindo em tempo e ritmo diferentes a sua própria obra. Quando aceitamos isso a vida passa a ser uma aventura fantástica. Enfim, comentários de uma novela...

Rafael disse...

Lu: concordo com o André, e adiciono:
Dont push yourself too hard!
Beixos e paz!
Biff

André Vasques disse...

sobre a obervação de que o meu blog está parecido com o teu, quero te dizer que está MUITO parecido. me inspirei no teu blog, que já te disse achei 10, claro, objetivo, limpo, enfim, show de bola, só esta faltando a inteligência e o humor refinado. beijos.