domingo, 13 de julho de 2008

O HD de Luciana F.

A gente não vem com manual de instrução, mas deveria. Dar explicação acerca do porquês da minha personalidade multifacetada me incomoda sobremaneira. A pessoas rotulam tudo, eu sei. O fato é que, em relação a mim, é como se os rótulos fossem gravados a ferro e fogo.
Exemplifico: me informaram, esses tempos, que estagiários do andar de cima tinham medo de vir à minha sala pedir assinatura, ou seja, tinham medo de mim. Incrível isso. De outro lado, há os que sabem que meu coração é de mingau. E amo bichos e me desmantelei chorando ao assitir "O Som do Coração". E só porque eu uso terninho da Zara com bolsinha Louis Vuitton não posso gostar de Metallica?
Será que ninguém se dá conta de que é necessário ter várias personas cirulando e que o mundo profissional é difrente o pessoal? E que, pra fora das portas da empresa, eu sou todas que quiser?
Só porque eu não fico falando com vozinha de retardada com meu namorado durante uma reunião de planejamento estratégico não significa que eu não aja como tal em diversos momentos privados.
Sim, eu mando um ofício num minuto e falo miando no outro. E isso não é esquizofrenia, é apenas consciência da minha capacidade de ser quem eu quiser.
As pessoas não sabem usar sua capacidade cerebral e aí têm dificudade de entender quem o faz bem.
Meu HD tem capacidade de armazenar todas as Lucianas necessárias.
Got it?

5 comentários:

GUNNER disse...

Essa dificuldade de entender a tua capacidade cerebral é proporcional à tua dificuldade de entender que a limitação dessas pessoas não é capaz de entender a tua capacidade cerebral...em outras palavras, não tente "tirar leite de pedra"...got it?

Luciana F. disse...

why??????????!!!!!why???????!!!!!why???????!!!!!!!!!! eu não aceito a impossibildiade de tirar leite de pedra!!!!

GUNNER disse...

A resposta é simples: leite não sai de pedra...

εïзNine Copettiεïз disse...

Luciana... Ai, sabe que sofro dessas rotulações todo santo dia, e as vezes, juro, enche a paciência!!! Não é nada divertido ficar explicando que agora estou de mau humor, agora estou falando com meu amor, agora estou cansada, agora estou elétrica por que tá na hora de ir embora, agora estou triste por que tenho que acordar cedo, agora quero ficar só (só, sozinha, em silêncio, longe de qualquer ser vivo), mas as pessoas simplesmente não entendem. Sério, já vieram várias vezes perguntar se eu estava "de mal" (afff), de mal vou ficar se a todo instante alguém ficar analisando minha multipolaridade... rsrsrs
Beijos.

Luciana F. disse...

Oi Nine, obrigada pela visita. Eu tenho a impressão de que as pessoas estão com as cabeças muito simplistas e preguiçosas ultimamente - por isso a dificuldade de entender a complexidade da mente do outro e da sua própria, a propósito - claro, isso não vale para a parcela acéfala da população ativa (sim, sim, eles existem e estão no meio de nós...rsrsrsr)
BJos
Luciana